Saltar para o conteúdo do SIDE
Logotipo do Sistema de Informação de Apoio ao Ensino
licenciatura em
Sistema de Informação de Apoio ao Ensino
[ Escola de Ciências da Vida e do Ambiente ]
Quinta , 6 de Agosto de 2020
2º Semestre, Ano letivo: 2019 / 2020
   
   
 
 
 
Unidades Curriculares
 
Biofísica
   
Descrição - Avaliação (Ficha da Unidade Curricular)

Modos de avaliação, necessidade de inscrição prévia a provas e condições de transição entre modos

Os critérios de avaliação, para a UC de Biofísica seguem o Regulamento Pedagógico (RP) em vigor. Notar que, pelo Art.º 11 do RP, a assistência às aulas é um direito e um dever dos estudantes, (excepto casos descritos, nº 7, Art. 4, NP, que devem ser comunicados aos docentes), pelo que nesta UC é exigido o cumprimento das duas condições previstas no art.º 17 do RP: a) assistência a um mínimo de 70% das horas de contacto sumariadas, independentemente da tipologia e, b) obtenção de uma classificação mínima de 8,5 valores na média das componentes de avaliação prática.

Componentes de avaliação prática (CAP): 3 mini-testes com 30 minutos de duração, realizados no início das aulas TP (em datas agendadas), de assuntos relacionados com as aulas teórico-práticas, compostos por um exercício de resolução prática e questões de resposta rápida. A média dos 3 mini-testes deve ser superior a 8,5 valores (Nº1.b do Art. 17). Na última semana de aulas, os alunos que necessitarem pode repetir até 2 mini-testes que tenham nota inferior a 8,5 valores de forma a ter média igual ou superior a 8,5 valores. Quando já tiver média > 8,5 valores não há repetição de qualquer mini-teste (salvo alunos de 2ª ou 3ª fase). Quando faltar ou desistir a nota é 0,0

As avaliações foram efetuadas de forma não presencial usando a plataforma Moodle.

A inscrição prévia em qualquer momento de avaliação é obrigatória, usando o side (avaliações: inscrições abertas, ver datas e locais indicados).
Os três modos de avaliação estão previstos:
Modo 1: avaliação contínua
Modo 2: avaliação complementar
Modo 3: avaliação por exame

Transição para modo 2: não tendo aprovação no modo 1, a transição para o modo 2 exige cumprimento do Nº7, Art.13 do RP, i.e., que [(20% CAP + 40%T1)/60%] ou [(20% CAP + 40%T2)/60%]> 9,5 valores. Cada componente de avaliação consiste num teste escrito, de forma a complementar a avaliação em falta. Realizado na época normal.
Transição para modo 3: os alunos que na avaliação contínua obtiveram [(20% CAP + 40%T1)/60%] < 9,5 e que estejam admitidos a exame (Art.º17, RP) ou que tenham reprovado ao modo 2. Consiste num teste escrito. Época normal e/ou exame.

Critérios mínimos de admissão a exame

Cumprimento das duas condições previstas no art.º 17 do RP: a) assistência a um mínimo de 70% das horas de contacto sumariadas, independentemente da tipologia e, b) obtenção de uma classificação mínima de 8,5 valores na média das componentes de avaliação prátic.

Componentes de avaliação prática (CAP): 3 mini-testes com 30 minutos de duração, realizados no início das aulas TP (em datas agendadas), de assuntos relacionados com as aulas teórico-práticas, compostos por um exercício de resolução prática e questões de resposta rápida. A média dos 3 mini-testes deve ser superior a 8,5 valores (Nº1.b do Art. 17). Na última semana de aulas, os alunos que necessitarem pode repetir até 2 mini-testes que tenham nota inferior a 8,5 valores de forma a ter média igual ou superior a 8,5 valores. Quando já tiver média > 8,5 valores não há repetição de qualquer mini-teste (salvo alunos de 2ª ou 3ª fase). Quando faltar ou desistir a nota é 0,0


Descrição dos modos de avaliação (preencher os que se aplicam)

Modo 1: avaliação contínua (incluir calendarização e fórmula de cálculo)

Não publicado

Modo 2: avaliação complementar

Não publicado

Modo 3: exame (incluir fórmula de cálculo)

Não publicado

Modo 4: projeto (incluir fórmula de cálculo)

Não publicado
topo
 SIDE 
© 2002-2020 UTAD | E-mail: side@utad.pt | Telefone: 259350308 | Extensão: 4308 | Política de privacidade
Autor