Saltar para o conteúdo do SIDE
Logotipo do Sistema de Informação de Apoio ao Ensino
mestradosintegrados em
Sistema de Informação de Apoio ao Ensino
[ Escola de Ciências e Tecnologia ]
Sábado , 15 de Agosto de 2020
1º Semestre, Ano letivo: 2019 / 2020
   
   
 
 
 
Unidades Curriculares
 
Otimização e algoritmos
   
Descrição - Avaliação (Ficha da Unidade Curricular)

Modos de avaliação, necessidade de inscrição prévia a provas e condições de transição entre modos

Relativamente ao modelo de avaliação da unidade curricular Otimização e Algoritmos, os alunos deverão atender aos itens seguintes.

1. Inscrição na unidade curricular
A inscrição nas turmas teórico-prática (TP) e Orientação Tutorial (OT) é obrigatória e deve ser efetuada no SIDE (Sistema de Informação de Apoio ao Ensino).

2. Inscrição em provas de avaliação escrita
Para ter acesso a qualquer prova de avaliação escrita, os alunos , terão de:

2.1- estar inscritos numa das turmas teórico-práticas e na turma de orientação tutorial;
2.2- estar presentes em, pelo menos, 70% do total das horas lecionadas. Excetuam-se os trabalhadores estudantes e os estudantes militares que estão sujeitos a regime especial;
2.3- se inscrever no SIDE até dois dias úteis antes da realização da prova.


3. Modos de avaliação
Os estudantes podem ser avaliados num dos seguintes modos:

(a) Modo 1: avaliação contínua;
(b) Modo 2: avaliação contínua seguida de avaliação complementar;
(c) Modo 3: avaliação por exame.

A avaliação contínua (Modo 1) é constituída por uma componente teórico-prática, através da realização de duas provas escritas (mini testes) durante o período de aulas e de uma componente prática, através da realização de trabalhos periódicos.
Cada um dos mini testes será classificado para 20 valores e terá a duração de 1 hora e 15 minutos.
A classificação da componente teórico-prática corresponde à média aritmética das classificações obtidas nos dois mini testes e tem uma ponderação de 80% na nota final.
A classificação da componente prática tem uma ponderação de 20% na nota final e corresponde ao resultado de um trabalho de grupo.

Um aluno será considerado aprovado a esta unidade curricular e dispensado de avaliação complementar/avaliação por exame se obtiver em cada uma das provas escritas uma classificação superior ou igual a 6.5 valores e uma classificação final (baseada nas componentes prática e teórico-prática) superior ou igual a 9.5 valores, de acordo com a seguinte fórmula:
Classificação Final = 0.2*NTrG+0.4*NT1+0.4*NT2,
Onde NTrG representa a classificação do trabalho de grupo e NTi representa a classificação obtida no Teste i, com i=1,2.

A avaliação complementar (Modo 2) possibilita a repetição de uma das provas escritas previstas no Modo 1, na data da época normal de exames. A prova terá a duração de 1 hora e 15 minutos. A classificação final será calculada como descrito na avaliação contínua, onde a nota obtida na prova de avaliação complementar substituirá a nota da prova da avaliação contínua correspondente.

Caso pretendam realizar a avaliação complementar, os alunos deverão proceder à sua inscrição no local adequado no SIDE (Avaliação Complementar 1ª prova ou Avaliação Complementar 2ª prova), indicando, desse modo, a prova escrita que pretendem repetir.

Os estudantes que, tendo sido admitidos a avaliação complementar não tenham comparecido ou, tendo comparecido, dela tenham desistido ou reprovado, são admitidos a exame a realizar na época de recurso.

A avaliação por exame (Modo 3) é constituída por uma prova com partes escrita e/ou oral, cada uma delas com componente teórico-prática, sendo toda a matéria sumariada na UC objeto de avaliação.
Cada prova escrita teórico-prática é classificada para 20 valores e tem a duração de 2 horas e 30 minutos. Esta prova terá um contributo de 80% no resultado final, sendo os outros 20% correspondentes ao trabalho de grupo.

Será considerado aprovado nesta unidade curricular todo o aluno que obtiver na prova escrita uma classificação final superior ou igual a 9.5 valores. Os alunos com classificação final no intervalo [8.5,9.5[ poderão, se assim o desejarem, ser submetidos a uma prova suplementar (oral ou escrita). Obterão aprovação à unidade curricular caso a média das classificações obtidas na prova escrita e na prova suplementar seja superior ou igual a 9.5 valores.

Em qualquer um dos modos de avaliação, os alunos que obtenham uma classificação superior ou igual a 16.5 valores, e que pretendam uma classificação final superior a 16 valores, terão que validar a nota através de uma prova suplementar. A nota final é a nota da prova suplementar (ou 16 valores, caso a nota da prova suplementar seja inferior a 16 valores).

Têm acesso à época especial todos os estudantes regularmente inscritos nesta UC e que reúnam as condições descritas no Regulamento Pedagógico em vigor. Para ter acesso a esta época de exames os estudantes devem proceder à sua inscrição nos Serviços Académicos, bem como no SIDE.
O exame da época especial consiste numa prova escrita teórico-prática classificada para 20 valores e com a duração de 2 horas e 30 minutos.

Em qualquer uma das provas de avaliação escrita,
(a) os alunos devem fazer-se acompanhar de um documento de identificação para além do cartão de estudante da UTAD;
(b) não é permitida a consulta de quaisquer apontamentos e/ou livros;
(c) é permitida a utilização de máquina de calcular do tipo não alfanumérico/não programável;
(d) não é permitido o uso de lápis e corretor na folha de prova;
(e) os alunos não se podem ausentar da sala, em caso algum, durante o tempo de prestação da prova;
(f) um aluno que pretenda desistir da prova deverá declará-lo por escrito na sua folha de teste e só poderá abandonar a sala de exame depois de autorização expressa do docente e nunca antes de decorridos 30 minutos do início do mesmo;
(g) é autorizada a realização da prova aos estudantes que se apresentem na sala até 20 minutos depois do seu início. O estudante a quem for concedida esta autorização não goza, por esse facto, de tempo suplementar para terminar a prova;
(h) é vedada aos estudantes toda a comunicação entre si que, direta ou indiretamente, permita obter ou recolher informação sobre o conteúdo das mesmas, não sendo permitido o uso de telemóveis ou outros equipamentos de comunicação e gravação;
(i) a fraude ou plágio implica a sua anulação, podendo vir a ser instaurado ao aluno um procedimento disciplinar.

Critérios mínimos de admissão a exame

É condição mínima de admissão a provas de avaliação e/ou a exame a assistência a um mínimo de 70% das horas de contacto teórico-práticas sumariadas, excetuam-se os casos de alunos com estatutos especiais ou alunos com frequência obtida no ano letivo 2018-19.

Descrição dos modos de avaliação (preencher os que se aplicam)

Modo 1: avaliação contínua (incluir calendarização e fórmula de cálculo)

Não publicado

Modo 2: avaliação complementar

Não publicado

Modo 3: exame (incluir fórmula de cálculo)

Não publicado

Modo 4: projeto (incluir fórmula de cálculo)

Não publicado
topo
 SIDE 
© 2002-2020 UTAD | E-mail: side@utad.pt | Telefone: 259350308 | Extensão: 4308 | Política de privacidade
Autor