Saltar para o conteúdo do SIDE
Logotipo do Sistema de Informação de Apoio ao Ensino
mestrado em
Sistema de Informação de Apoio ao Ensino
[ Escola Superior de Saúde ]
Quinta , 6 de Agosto de 2020
2º Semestre, Ano letivo: 2019 / 2020
   
   
 
 
 
Unidades Curriculares
 
Psicossociologia da saúde
   
Descrição - Objectivos (Ficha da Unidade Curricular)

Objectivos da Unidade Curricular e competências a desenvolver

Aprofundar a compreensão da importância dos fatores comportamentais e psicossociais nos processo de saúde e de doença;
Desenvolver competências de análise crítica e síntese de estudos/investigação no âmbito da psicossociologia da saúde;
Reflectir sobre os processos relacionais como fatores de promoção da autonomia individual em saúde;
Compreender os processos de stresse e burnout dos profissionais e dos que cuidam no âmbito da saúde;
Desenvolver competências de comunicação, apresentação e discussão de projetos individuais;
Propor a aplicação dos conhecimentos adquiridos no âmbito da Psicossociologia da Saúde para intervir na saúde e doença nos diversos contextos de
trabalho do enfermeiro de forma ética;
Refletir sobre as desigualdades na saúde e doença e sobre a promoção da igualdade de acesso aos cuidados de saúde, em termos de género, nível social e económica, cultural, entre outros;
Propor projetos de promoção da saúde baseados na sustentabilidade.

Planificação da actividade letiva (de acordo com calendário escolar)

Não publicado

Demonstração da coerência dos conteúdos programáticos com os objectivos da Unidade Curricular

Os estudantes, enquanto enfermeiros e profissionais de saúde deverão compreender os mecanismos psicossociais que permitem à pessoa potenciar os seus recursos no processo de gestão eficaz da sua saúde e doença. Pretende-se ainda que que compreendam que os mesmos mecanismos anteriormente referidos podem ser promotores da sua própria saúde. Os estudantes desenvolver competências proativas de autoregulação e de regulação das relações interpessoais e institucionais que lhes permitam potenciar o seu desenvolvimento integral no exercício da sua atividade profissional. Na prossecução do objetivo anterior, o estudante deve antes de mais expandir o seu conhecimento acerca dos fatores psicossociais relacionados com a saúde e refletir sobre as evidências científicas mais relevantes na investigação realizada no domínio da psicossociologia da saúde. Deverá ainda propor projetos, baseados na evidência empírica, de promoção da igualdade e da sustentabilidade na promoção e no acesso à saúde.

Metodologias de ensino/aprendizagem utilizadas (métodos de trabalho, funcionamento da U.Curricular, recursos necessários, etc.)

Aulas de exposição teórica (30%)
Aulas teórico/práticas para reflexão e debate em grupo sobre os temas do programa e com base na literatura científica. Nestas aulas teórico/práticas serão ainda analisados documentos relevantes e de carácter empírico no âmbito da psicossociologia da saúde (35%).
Trabalho de pesquisa individual, orientado pelo docente (35%)
Avaliação:
Trabalho individual de pesquisa e síntese sobre um tema relacionado com a Psicossociologia da Saúde, com apresentação na aula.

Demonstração da coerência das metodologias de ensino com os objectivos da Unidade Curricular

As sessões de exposição teórica permitem dar a conhecer as teorias psicossociais relativas ao processo da saúde e da doença no Ser Humano no decurso do ciclo de vida.
A análise de documentação fornecida pelo docente ou pesquisada pelo estudante permite expandir o conhecimento sobre as temáticas propostas pelo programa da UC, bem como reflectir sobre elas. As aulas teórico-práticas ou sessões de debate sobre os temas propostos permitem ao estudante argumentar sobre a adequação dos resultados empíricos às teorias e sobre as questões emergentes relativas aos fatores psicossociais que concorrem para o processo de saúde e de doença. O estudante poderá ainda quebrar algumas barreiras cognitivas e desenvolver atitudes mais positivas relativamente ao processo de autorregulação na saúde e na doença, permitindo-lhe potenciar o relacionamento interpessoal com os clientes/pacientes no exercício da sua profissão. O método escolhido para a avaliação pode permitir ao estudante aprofundar o conhecimento numa área ou tema específico sobre os fatores psicossociais relacionados com a saúde e a doença, ao mesmo tempo que lhe permite ensaiar a capacidade de análise crítica sobre os resultados da investigação nessa área e equacionar novas questões para investigação.
topo
 SIDE 
© 2002-2020 UTAD | E-mail: side@utad.pt | Telefone: 259350308 | Extensão: 4308 | Política de privacidade
Autor